Governo lança programa de financiamento de Carteira de Habilitação Profissional

por fat publicado 30/08/2017 15h26, última modificação 30/08/2017 15h26
Acy de Carvalho destacou que a retomada do programa, que foi lançado em sua gestão, em 2006, segue a determinação do governador Marcelo Miranda de dar andamento a bons projetos, que incentivem a geração de empregos e movimentem toda uma cadeia econômica.
Governo lança programa de financiamento de Carteira de Habilitação Profissional

Governo lança programa de financiamento de Carteira de Habilitação Profissional

O Governo do Tocantins, por meio do Banco do Empreendedor (BEM), vai relançar o programa de financiamento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para os profissionais que comprovem vínculo empregatício e a necessidade de obtenção da habilitação para exercer o seu trabalho. O evento ocorrerá com a assinatura de uma Ordem de Serviço, na Sala de Reuniões do Palácio Araguaia, nesta quinta-feira, 31, às 10h30. Mais de 20 proprietários de Autoescolas, que integram a Associação dos Centros de Formação dos Condutores do Tocantins (ACFCPTO), devem participar do lançamento.

O presidente do BEM, Acy de Carvalho Fontes, explica que, neste primeiro momento, o programa atenderá na capital Palmas, mas que a instituição se organiza para atender cidades como Araguaína e Gurupi ainda este ano. Acy de Carvalho destacou que a retomada do programa, que foi lançado em sua gestão, em 2006, segue a determinação do governador Marcelo Miranda de dar andamento a bons projetos, que incentivem a geração de empregos e movimentem toda uma cadeia econômica.

Na ocasião, serão apresentados detalhes do programa como critérios, documentação exigida, prazo e a forma do financiamento.

O financiamento

O limite mínimo e máximo dos empréstimos a serem concedidos serão de acordo com a categoria requerida, que pode ser: A, B, AB, C, D, E, AC, AD e AE. O financiamento poderá ser parcial (aulas práticas) ou total (taxas processuais, exames médico e psicotécnico, aulas teóricas e práticas), além do exame toxicológico exigido para as categorias C, D e E.

O valor do financiamento poderá ser parcelado em até 18 vezes, com taxa de juro de 1% ao mês sobre o valor do empréstimo.

 

Fonte: Portal do Tocantins